Foto com homem segurando o dinheiro para representar a questão "onde investir?"

Onde investir meus primeiros R$1.000?

Muitas pessoas que estão começando a investir agora ficam em dúvida onde investir. É claro que eu passei por esse momento quando comecei. Mas, se eu estivesse iniciando agora, onde investiria meus primeiros 1.000? Rolou um movimento no Youtube, em que vários investidores compartilharam a resposta para esse questionamento. Então resolvi dar a minha opinião, como educador financeiro, sobre isso tudo.  Gravei um vídeo para o meu canal só sobre ele. Mas se você prefere ler ao invés de assistir, só continuar a leitura deste artigo.

A primeira coisa que a gente tem que deixar claro é qual é a premissa dessa pergunta: onde investiria meus PRIMEIROS 1.000?! Sendo assim, temos que entender que é uma pessoa que nunca investiu antes, é a primeira vez, e no começo, tudo pode parecer muito complexo, não é?

AÇÕES PARA QUEM ESTÁ COMEÇANDO?

Assisti alguns vídeos desse movimento no Youtube. E uma das soluções que o Primo Rico deu no vídeo dele foi investir em apenas uma ação, e eu não acredito que seja o melhor caminho. No caso, ele citou a Sinqia, que é uma empresa de tecnologia. Thiago defendeu a ideia que com pouco dinheiro, seria interessante investir em uma empresa pequena e com grande potencial de lucro. E, desse modo, conseguir fazer esse dinheiro mais rápido. 

É claro que faz sentido, mas eu não acredito que é o melhor caminho para o investidor iniciante. Para mim ou para o Thiago Nigro, que somos investidores há muito tempo, já temos experiência, tudo caminha mais naturalmente. Mas temos que entender que para quem está começando o mercado de ações pode não ser tão simples. Até mesmo operacionalizar uma compra ou venda no Home Broker pode ser difícil.

Então, o meu principal conselho hoje é: não pense em rentabilidade altíssima no começo! Pense mais no hábito de fazer isso sempre. Ou seja, no começo o importante é o aprendizado. Com o tempo, com certeza você vai aprender exatamente onde investir para atingir seus objetivos. E se tornar um investidor cada vez melhor.

Investir diretamente em uma ação como a Sinqia pode ser bom ou ser ruim, pode subir ou cair. E a questão é: e se cair?! No meu ponto de vista, o investidor iniciante pode ficar traumatizado e sair do jogo. Não querer mais investir. Então eu acho melhor evitar isso.

Como? Investindo em ativos mais seguros e usar esse período como aprendizado mesmo. Mas isso também não quer dizer que deva colocar tudo apenas no Tesouro Selic, por exemplo, que é o ativo mais seguro da nossa economia. Você pode usar essa oportunidade para desbravar o mercado aos poucos.

Onde investir? Imagem que mostra celular em uma imagem de gráficos da Amazon, para representar investimentos em ações.
Photo by Austin Distel on Unsplash

INVESTIR EM UM NEGÓCIO PRÓPRIO?

Outra visão interessante foi a do Breno Perrucho, do Jovens de Negócios. Ele disse que colocaria esses R$1.000 para investir em um negócio próprio. Eu também discordo, porque acredito que esse dinheiro deve ser o impulso para a pessoa comum se tornar uma investidora. 

É claro que um negócio próprio é o maior potencial que existe nesse mundo. Mas também o mais arriscado. Muito mais que a Bolsa de Valores. Inclusive, já falei sobre ter escolhido esse tipo de investimento, dá uma lida neste meu artigo do LinkedIn. No entanto, não seguiria esse caminho, como primeira opção, se estivesse começando hoje. 

Sim, é importante aprender a gerar dinheiro, mas aprender a colocar o dinheiro para render todo mês em uma aplicação financeira é fundamental. Então, esses R$1.000 são a porta de entrada de um novo investidor. E se pensarmos que apenas algo em torno de 0,5% da população brasileira é investidora, ainda temos muito o que fazer para que todos alcancem a independência financeira

ONDE INVESTIR DE FORMA SEGURA:

“Mas e aí, Ricardo, então onde você investiria seus primeiros R$1.000?” 

Eu compraria metade em Tesouro Direto, o mais seguro. E colocaria a outra metade em Fundos Imobiliários (que é mais seguro que as ações, mas você já está aprendendo a investir como um profissional). 

Ao ter que lidar com esses dois tipo de investimentos, você já vai começar a aprender os passos básicos para então, futuramente, começar a arriscar mais em outros tipos de investimentos. Sendo assim, você vai entender, por exemplo, como abrir conta na corretora, mandar dinheiro para ela, ver seu investimento render, receber dividendos, acompanhar a oscilação, entre outras coisas que você vai precisar saber fazer e acompanhar. 

Esse é o caminho que eu acredito ser o mais ideal hoje para um investidor iniciante. E aí fica um ponto de atenção importante também, de nada adianta investir apenas uma vez os R$1.000 e nunca mais investir. Precisa ser um hábito mensal! Só assim, o lucro no futuro será gigante!

FUNDOS IMOBILIÁRIOS (FIIs) 

Mas então, quais os FIIs que eu investiria se estivesse começando hoje? Com certeza os mais seguros. Lembre-se: no início, mais importante que a rentabilidade é entrar no jogo, aprender como se faz.

E como eu faria para saber quais os mais seguros? Normalmente são os maiores, os mais negociados. Seriam os tubarões desse oceano. Eles tendem a ter melhores gestores e muita diversificação de ativos, isso traz bastante segurança. Não quer dizer que sejam os mais rentáveis, mas sim os maiores e mais seguros.

E para chegar nesses nomes, é só entrar no site da B3 e procurar pelo IFIX, que é o índice que detalha quais são esses FIIs maiores e mais negociados. É bem fácil, eu mostro o passo a passo neste vídeo.

Recomendação extra: eu não investiria em mais do que três neste primeiro momento. Até porque metade dos meus R$1.000 eu colocaria no Tesouro Selic para também aprender como funciona lá, com muita segurança. Abriria conta em duas ou três corretoras para ver qual eu acho melhor, e colocaria o dinheiro para render.

Por fim, quero deixar aqui um vídeo meu em que falo melhor só sobre Fundos Imobiliários. Sei que muitas pessoas têm dúvidas sobre esse tipo de investimento, então, espero que ajude vocês.

Leiam também | Nubank e NuConta: maiores vantagens e desvantagens para investidores

Agora me conta aqui nos comentários, você já começou a investir? Deixe sua dica de onde investir os primeiros mil reais! Ou então, qual a sua dúvida sobre onde começar a investir!

Seu Comentário:

Posts Relacionados

10

out
Educação Financeira, Investimentos

Investidor iniciante? O que você precisa saber sobre a Selic

Muitas pessoas não fazem ideia do que é a taxa Selic. Recentemente muito se falou sobre ela por atingir a menor Selic da história (5,5% ao ano). Mas, percebi que muita gente não compreendia quais eram as consequências disso.  E o mercado não se importa o suficiente para explicar para a população. Mas eu me importo. Já […]

Dinheiro queimando para representar o dinheiro da reserva de emergência

08

out
Educação Financeira, Independência Financeira, Investimentos

Reserva de emergência de 6 meses? O que ninguém explica!

Muitos educadores financeiros defendem que você só pode investir depois de já ter uma reserva de emergência de aproximadamente seis meses. Ou seja, seis vezes o valor que gasta com suas despesas ao longo do mês, como contas, lazer, entre outros guardado em uma aplicação de renda fixa com liquidez diária. Dessa forma, caso algum imprevisto acontecesse,[…]